terça-feira, 8 de julho de 2008

Complexo de vira-lata

Esta aqui é do weden , um dos mais sagazes comentaristas do blog do Nassif.

Ontem, sentado numa mesa junto a alguns integrantes da classe média conservadora da Tijuca ouvi por pelo menos meia dúzia de vezes a expressão "povinho de merda".

Como não tinha argumentos (e nem queria argumentar), fiquei anotando, num guardanapo de bar, como se comporta um autêntico vira- latas rodrigueano.

Pesquei 10 características típicas.

1. Use a expressão "povinho de merda", sempre quando for necessário.

2. Faça comparações com líderes (por exemplo, compare os salários do Brasil e dos EUA, e desconsidere o PIB 10 vezes maior deste último)

3. Torne exclusivo do Brasil males que também ocorrem em outros países

4. Silencie sobre nossos progressos.

5. Aponte como único aspecto favorável do nosso povo a descendência imigrante em algumas regiões do país. Desde que seja da Europa germânica, do leste, ou Japão.

6. Esqueça os problemas dos outros emergentes. Aliás, só lembre dos outros emergentes, naquilo em que estão melhores que nós.

7. Aponte o nosso 'pendor à diversão e à preguiça" (use o samba e o futebol como exemplos) e "nossa aversão ao trabalho".

8. Exagere nosso "comodismo" e fale que na Argentina "isso já tinha dado em panelaço".

9. Diga que nossa música é primitiva, batuqueira.

10. Conte a piada da conversa com Deus sobre as desgraças geológicas e climáticas em outros países. E acentue a sentença final: "Mas você vai ver o povinho que vou colocar lá". Não importa que outros já tenham ouvido esta piada. O importante não é fazer rir. Mas fazer chorar.



Os tempos mudam mas a ignorância continua sendo o ingrediente mais abundante do Universo. Os imbecis pobres de espírito seguem comprando suas opiniões formatadas pelo supermercado midiático.

2 comentários:

César xrmr disse...

Achei matador seu comentário final, Ulysses. É isto mesmo.

Ulysses Dutra disse...

Valeu César

Ontem acordei meio revoltado :)

Um abraço