segunda-feira, 31 de março de 2008

African pop





De Benin, África vem Charles Rodrigues & His Psychedelic Organ. Descobri esse cara e sua curiosa biografia via Analog Africa um blog fantástico baseado em Frankfurt, Alemanha.

Começou a tocar em 1958 e logo entrou numa banda que viajava por toda a África Negra: Zaire, Benin, Nigéria, Costa do Marfim...Até que em meados dos anos 60 resolve voltar para casa. "Tudo que encontrei foram membros da família irados me dizendo que eu era um Rodrigues, um Agouda ( descendente de portugueses) e estava manchando o nome da família"

Em agosto de 1973 Charles abandonou a música depois de gravar "L´Amour Ne S´achete Pas".

Sobre esta canção ele disse:

"Na música "L´amour ne s´achete pas" eu estava dizendo para as prostitutas para pararem de encher a cara e dormir com caras por 2000 ou 3000-CFA*, dizia que elas estavam desperdiçando as suas vidas. Ah cara, quando aquela canção foi lançada eu tive todo tipo de problemas com as prostitutas de Cotonou, elas me fizeram passar maus bocados, mas eu não tô nem aí..........é isso, foi minha última gravação."


Ouça "L'amour Ne S'achete Pas".

*(nota do editor: não tenho idéia de quanto dá em reais mas deve ser uma merreca)

2 comentários:

César xrmr disse...

Curto muito os sons africanos. Meu estilo preferido é o jazz etíope (ethio jazz), meu artista preferido é Mulatu Astatke (da trilha do "Broken Flowers", do Jim Jarmusch).

César xrmr disse...

!! Os sons do Analog Africa são ótimos !!