quinta-feira, 27 de agosto de 2009

A luta tá só começando


Esse aí é Guilherme Zimmer em Fortaleza onde participou da Feira de Música que aconteceu na semana passada e dentro da feira mais especificamente ele foi representar Santa Catarina através uma série de agentes culturais ligados à música no Estado, tais como o Clube da Luta e a Insecta.

Cheio de novidades e entusiasmo ele relatou via e-mail que "Abrafin, Fora do Eixo, Casas Associadas, MPB, etc... Todos já foram avisados que SC tá acordando!".

Bandas, músicos, casas de show, engenheiros de som, roadies, etc,etc, etc. Entrem em contato através do endereço sconectada@gmail.com para serem incluídos numa lista de discussão que visa reunir a cadeia produtiva da música catarinense.

Bora lá fazer nossa parte. Organizar, capacitar e empreender. Agentes culturais de SC uni-vos, nada tendes a perder a não ser esse marasmo que faz com que nosso Estado ainda seja uma incógnita no mapa cultural brasileiro.

quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Sambarilovis rapeizis


O camarada Israel do Vale, mineiro/paulista agora radicado na Ilha, traz para Floripa a sua festa supimpa a Sambacana Groove que já agita há alguns anos as noites de SP onde era realizada originalmente no famoso Edifício Copan, prédio de apartamentos projetado por Oscar Niemeyer no centro de São Paulo.

Após um hiato de um ano a festa ressurge em casa nova na Paulicéia e passa, entre a segunda quinzena de agosto e a primeira de setembro, a ser realizado em três estados: São Paulo, Minas Gerais e Santa Catarina.

Em Floripa a estréia é nesta quinta, 27 de agosto, na Célula com o pocket-show de Fernanda Takai no pré-lançamento de seu DVD Luz Negra, que registra a turnê de seu aclamado disco-homenagem à Nara Leão, Onde Brilhem Os Olhes Seus.

Neste espetáculo, além de músicas da musa tropicalista, Fernanda interpreta outros canções que ela costuma incluir em seus shows, como "There Must Be An Angel", do Eurythmics, "Ordinary World", do Duran Duran, "Ben", de Michael Jackson, "Kobune", versão em japonês do clássico "O Barquinho" e "Sinhá Pureza", música do paraense Pinduca mais conhecida na versão da cantora Eliana Pittman.

Antes e depois do show, o bailinho fica a cargo dos DJs anônimo (residente SamBaCana Groove/São Paulo), Aída (Belo Horizonte) e Zé Pereira (Florianópolis)


Sambacana Groove 2.0 com Fernanda Takai

Quando: amanhã, 27 de agosto, das 22h às 4h

Onde: Célula Cultural Mané Paulo (Rua João Paulo, 75, João Paulo, Florianópolis) - Fone (48) 9171-4777

Ingressos:

primeiro lote - R$ 15 (meia) e R$ 30 (inteira)

segundo lote - R$ 20 (meia) e R$ 40 (inteira)

na hora - R$ 25 (meia) e R$ 50 (inteira).

Ingressos antecipados à venda nas lojas Multisom do Centro e dos shoppings Iguatemi, Floripa e Beiramar.

SORTEIO

Os dois primeiros a deixarem um comentário com a resposta correta para a seguinte pergunta, ganham um ingresso cada um:

Qual o nome dos compositores da faixa que dá o nome do DVD da Fernanda Takai?

quarta-feira, 19 de agosto de 2009

Duas gotas



Em memória de Raul Seixas, que morreu em agosto de 1989, fiz este mix de um antigo comercial do Moura Brasil cantado por Ângela Maria com o clássico Como Vovó Já Dizia de Raul e Paulo Coelho.



Imagem daqui.

segunda-feira, 17 de agosto de 2009

Tá chegando

Em grande estilo será o enterro do Clube da Luta. E desse caldo surgirá o que? Confiram na Célula no dia 18 de setembro.

"I don't like mondays"

Essa peguei do fantástico blog Quixotando e sua série de posts em homenagem a John Hughes. Várias fotos de clássicos como Curtindo a Vida Adoidado e O Clube dos Cinco e alguns extras apetitosos como trilhas sonoras e roteiros. Cola lá.

quinta-feira, 13 de agosto de 2009

Les Paul R.I.P

Foto: Oregonian

Foi-se Les Paul. Aos 94 anos, ele ainda fazia um show por semana num bar em Nova Iorque.

Além de criativo e talentoso nas seis cordas, Les Paul esmerilhava também nas invenções, sendo a mais famosa as guitarras modelo Les Paul, fabricadas pela Gibson.

Lester William Polsfuss, seu nome de batismo, criou também o gravador multitrack, que como diz o nome possibilita a gravação de múltiplas pistas, e várias técnicas revolucionárias de efeitos.

Aqui ele toca Aquarela do Brasil em 1992.

Patriarca



Diamantino Aleixo, o avô, deixa seus conselhos ao neto Bruno. Mais uma série dos hilários figuras da Gana - Guionistas e Argumentistas Não-Alinhados.

Côncavo e o convexo


Jean Mafra lança hoje à noite na festa Plastique no Jivago Lounge, um vídeo-clipe para uma canção de seu álbum-solo , Pare de Fazer Sentido.

Segundo ele, a produção - dirigida por Bianca Chiaradia - " tenta ser apenas um despretensioso retrato poético de uma música", no caso Dobra, que você pode ouvir aqui.

terça-feira, 11 de agosto de 2009

Bola de fogo


Gostei desta edição da coluna Vida Pop, escrita por Miguel Sokol na Rolling Stone número 34. Um trecho:

" E o Perdedor É...



...Imagine se Ivete Sangalo e Cláudia Leitte tivessem segurado seus microfones com luvas de boxe na hora de disputar um beijinho do Roberto Carlos naquela homenagem cafona para o Rei. Imagine o Marcelo Camelo subindo ao palco de uma premiação para cantar "Great Balls of Fire" em parceria com a Mallu Magalhães, que entraria de surpresa dentro de um berço. Imaginou? Recriar o ataque ao Jerry Lee Lewis, planejado por covardes que não aceitavam o seu relacionamento com a prima "de menor", seria uma resposta e tanto do casal/dupla...
"

On the road



Dica do @fabiobruggeman. O segundo documentário da série Encontros, em que ele e o escritor Salim Miguel viajam de carro de Florianópolis a Biguaçu, primeiro com Brüggemann no volante e depois numa viagem onírica em um carro antigo guiado por Salim Miguel.

Uma conversa afiada sobre a arte de escrever e um mergulho nas memórias e reminiscências de Salim Miguel, que recebeu no último dia 23 de julho o maior prêmio oferecido pela Academia Brasileira de Letras, o prêmio Machado de Assis (pelo conjunto da obra).

Inferninho



Maneiro esse gif da festa 2ManyHits que rola no próximo dia 15 no Mix Café.

quinta-feira, 6 de agosto de 2009

Babilônia em chamas

Nesta sexta o Clube da Luta apresenta a estréia solo do Moriel, guitarrista e compositor dos mais inventivos e originais que conheço.E ele vem bem acompanhado com os companheiros de Dazaranha, Adauto Charnesky no baixo e João Basañes na bateria junto com Alexandre Damaria (Tijuquera) nas percussões.

A vibe jamaican groove da noite também será embalada pela banda Missiva e o DJ Zé Pereira no bailinho. Bora lá.

quarta-feira, 5 de agosto de 2009

Uma parada legal, imoral e que engorda



O Parthenon 2 é um centro comercial situado na Rua Tenente Silveira no Centro de Florianópolis. O local abriga as lojas Varal, Viés, Cérebro e a Guitarland e tornou-se um ponto de encontro da moçada antenada da Ilha de Nossa Senhora dos Aterros.

Juntando A + B + C+ D o Jean Mafra armou um belo esquenta pro fim de semana com um bazar/desfile/festinha/reunião de amigos nesta sexta, 7 de agosto, a partir das 18 hs no subsolo do prédio.

Uma Parada Legal é o nome do evento que terá entre outras atrações o ator e produtor de cinema Tião Braga, a jornalista e agitadora cultural Juliana Bassetti e o ator, músico e produtor Luiz Cudo em suas estréias nas passarelas. Tudo ao som do Jean Mafra na discotecagem.

Segundo meu querido amigo, "a idéia pintou assim: eu vivo por ali - sou amigo das meninas da Varal, do Daca (guitarland), da Pani da Viés e dos meninos da Cérebro e sugeri a eles aproveitar o potencial daquele espaço - em que circulam tantas figuras interessantes - e fazer algo... assim sugiu uma parada legal. fico na torcida para que ocorram outras, e que aquele cantinho do Centro seja visitado por mais e mais figuras e que novas lojas bacanudas apareçam por ali e assim por diante... "

Bora lá.

segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Só Seo Francolino é quem sabia


Tou na correria e não queria deixar de registrar este evento que preenche um pouco, e belamente, o vácuo que a Prefeitura de Florianópolis deixou ao não comemorar o centenário de Franklin Cascaes adequadamante no ano passado.

Aglair é uma figura das mais intigantes e uma agitadora com a qual aprendi muito nos bancos do curso de Jornalismo da UFSC. Segue o release que recebi:


Nunca é tarde para celebrar o nascimento de alguém tão especial como foi Franklin Cascaes. É com esse espírito que inaugura no dia 5 de agosto, às 20 horas, na galeria Pedro Paulo Vecchietti, exposição Metamorfoses Imagéticas, videoinstalação concebida por Aglair Bernardo e produzida pela Vinil Filmes.
A exposição faz parte de um conjunto de trabalhos idealizados pela Associação dos Amigos do Museu Universitário em parceria com a Fundação Franklin Cascaes e a UFSC, patrocinada pelo Fundo estadual de cultura do estado de SC para comemorar o centenário de nascimento de Franklin Cascaes, integrando um outro ciclo de exposições comemorativas denominado 100+ 1, já que seu centenário foi no ano passado.
Sem didatismo e sem apelos documentaristas, a videoinstalação é um rico diálogo com fragmentos da obra do artista onde imagens e sons fazem-se e refazem-se diante do espectador, permitindo que, em função do seu olhar e de sua circulação na galeria, a obra nunca seja igual. Metamorfoses Imagéticas trata de mutações e de transformações, de acasos entre os encontros de som e imagem, de fluxos imagéticos, ora velozes, ora entediantes.

Serviço:
Coquetel de abertura para convidados: 05 de agosto, às 20 hs
Data de visitação: de 06 de agosto a 25 de setembro
Horário: das 10hs às 18hs
Local: Galeria Pedro Paulo Vecchietti – Arquivo Histórico Municipal – Praça XV, n 30

Alea jacta est



"Para qualquer brasileiro a data seria inesquecível - dia 06 de setembro à noite embarque no aeroporto do Galeão e dia 7 de setembro, às sete da manhã, chegada em Nova Iorque (1964). No anoitecer do dia 6, no terraço do apartamento de minha tia no Rio de Janeiro aconteceu algo que além de ter-me tocado profundamente ficou marcado pro resto da minha vida. De repente, em meio a toda agitação natural de qualquer viagem de "primeira vez" para Nova Iorque, me vi sozinho no terraço. Envolto na linda noite carioca me perguntava que loucura era aquela que me atirava num foguete em direção aos Estados Unidos?

Uma passagem de ida e volta pela Varig, 50 dólares (emprestados) no bolso e mais uma promessa de 500 dólares do Itamarati. Era uma aventura mesmo! Mas por quê? - se ao menos eu tivesse uma dica, um sinal... Foi aí que uma doce estrela cintilante riscou o céu azul marinho como que me dizendo "vai que é quente". Eu fui e a estrela estava certa"


Luiz Henrique Rosa

* Post dedicado ao amigo Jaguarito.

Se perdeu na curva

Como seria o Michael Jackson do ano 200o na Ebony Magazine em 1985.

Sintetizar



"Se você não pode explicar de maneira simples, você não compreendeu bem o suficiente"