sexta-feira, 25 de janeiro de 2008

Política Cultural em SC? Cadê?

Carlos Damião mandou muito bem neste post hoje em seu blog, recomendadíssimo.

"Santa Catarina já teve o maior prêmio cultural do Brasil, o concurso de literatura Cruz e Sousa, criado no governo de Jorge Bornhausen e reeditado na administração de Esperidião Amin. A repercussão nacional foi extraordinária, tanto na primeira, quanto na segunda fase. Hoje, o maior prêmio do gênero no País é o de Minas Gerais, que distribuirá mais de R$ 200 mil para os vencedores (a maior parte do prêmio para escritores mineiros).

Qual a relevância cultural de Santa Catarina no plano nacional hoje?

Nenhuma.

Não há qualquer evento que se destaque. Simplesmente porque o atual governo não tem uma política cultural. Apóia iniciativas isoladas, que não contribuem para a projeção nacional do Estado
".



Apesar desse governo babaca, nouveau-riche, tem gente que trabalha, sem um puto dos cofres públicos, para fazer algo pela cultura deste Estado. Enquanto isso eles apóiam campeonato de golfe em campo de propriedade de um senador que nunca recebeu voto algum.

Um comentário:

Nira Pomar disse...

É, meu amigo, nosso estado vai mal... quem tenta fazer alguma coisa boa é boicotado...


[acho que vou para Minas...]

beijo!