sexta-feira, 4 de maio de 2007

Azul da cor do mar

Você acha que não pode existir pior política cultural do que a do governo LHS? Olhem só esse absurdo que está acontecendo no vizinho Rio Grande, onde a governadora Yeda Crusius passa por maus bocados. Diretamente do blog RS Urgente:

"Um baile de debutantes nacional para resgatar os valores da família. Essa foi a proposta apresentada pelo colunista social Azul Marinho, e apoiada pela secretária estadual da Cultura, Mônica Leal, durante o Fórum Nacional de Secretários e Dirigentes da Cultura, realizado em Bento Gonçalves, entre os dias 26 e 28 de abril. Apesar de ser a vice-presidente do Fórum, que reuniu secretários de cultura de todo o país, a secretária Mônica Leal não participou dos debates do encontro. Apareceu rapidamente no sábado, saudou seus colegas dizendo que todos eram bem-vindos e desculpou-se por não participar dos debates pois tinha de acompanhar a governadora pela região. O fato de o Fórum reunir secretários de Cultura de outros Estados – que, por acaso, é a área de sua secretaria – não sensibilizou Mônica a compartilhar suas idéias sobre políticas para a cultura. Mas a secretária não fugiu de suas responsabilidades e, através de uma funcionária de uma agência contratada para fazer a recepção do encontro, recomendou que todos os secretários prestassem atenção na proposta que seria feita pelo colunista Azul Marinho.


Entra Azul Marinho em cena. Na apresentação de sua proposta para o Rio Grande do Sul sediar um baile de debutantes nacional, ele destacou a importância do evento para resgatar os valores da família. Após apresentar a idéia, distribuiu um kit-debutante com informações gerais para a realização do baile. Foi chamando, estado por estado, os representantes da cultura, que saíram todos abastecidos de informações sobre as potencialidades estratégicas do baile de debutantes para resgatar os valores da família. A secretária Mônica Leal não apareceu mais no encontro mas deixou o recado para que todos prestassem muita atenção na proposta. O que, de fato, ocorreu. A proposta do baile de debutantes freqüentou todas as conversas dali em diante. Os secretários e dirigentes culturais que participaram do Fórum em Bento Gonçalves saíram verdadeiramente impressionados e surpresos com o novo espírito que anima a política cultural do governo gaúcho. Se as idéias de Mônica Leal e Azul Marinho forem abraçadas pela cena cultural gaúcha em breve conheceremos todos um novo jeito de debutar..."

2 comentários:

César disse...

foi a desmoralização definitiva do RS. agora o (des)governo yeda machucou mesmo.

Ulysses Dutra disse...

Absolutamente estarrecedor né César.