domingo, 11 de fevereiro de 2007

Animais, todos somos




Paula Rego - Macaco hipnotizando um covarde - 1982


Tenho lido muitas pessoas clamando pela volta da pena de morte e pela redução da maioridade penal. É assustador e triste ver quanta gente está disposta a regredir e se rebaixar, para ter uma falsa sensação de segurança. O terrível assassinato do menino carioca, arrastado por 7 quilômetros, não é mais dolorido do que as outras mortes violentas e estúpidas que acontecem no Brasil todos os dias.

Não estou justificando a barbárie dos atos criminosos. Mas de que adiantam medidas drásticas, tomadas no calor dos acontecimentos? E esses moleques presos são mesmo os culpados? Não são os primeiros que a Polícia achou pra matar a sede de sangue da massa teleguiada? Me perturba ver tantas vozes reacionárias serem levadas a sério. E ouço aqui, acolá, gente com saudade da Ditadura!
Para refletir um pouquinho umas palavras de Carl Jung. O pequeno trecho que segue abaixo foi extraído da autobiografia Memories, Dreams, Reflections, numa livre tradução e edição de minha lavra.


" Quem deseja encontrar uma resposta ao problema do mal, necessita em primeiro de lugar de um conhecimento de si mesmo. Um conhecimento tão profundo quanto possível de sua totalidade. Deve saber, sem se poupar, a soma de atos vergonhosos e bons de que é capaz, sem considerar a primeira como ilusória ou a segunda como real. Ambas são verdadeiras enquanto possibilidades e não poderá escapar a elas se quiser viver sem mentir a si mesmo e sem vangloriar-se. Alguns nada querem saber sobre o mal e outros com ele se identificam. Tal é a situação do mundo atual"

Um comentário:

Gabriela Nardy disse...

Olá,

Sou editora do Jornal de Debates (www.jornaldedebates.com.br), um
site colaborativo que propõe diversos debates semanais, e
achei no seu blog um post sobre a maioridade penal.
Gostaria de convidá-la a escrever no jornal sobre esse tema, ou mesmo
replicar seu post, que se encaixa muito bem no debate desta semana.

Qualquer dúvida, entre em contato.

Grata
Gabriela Nardy
gabriela@jornaldedebates.com.br
Editora - Jornal de Debates